Mercado de compra e venda de crédito de carbono

Mercado de compra e venda de crédito de carbono

Compartilhar

O mercado de compra e venda de crédito de carbono é um sistema que visa à incentivar a mitigação e compensação das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) oriundas das atividades humanas. Um crédito equivale a uma tonelada de dióxido de carbono (CO2) equivalente que foi evitada ou removida da atmosfera.

Por meio desse mecanismo, projetos que reduzem e removem suas emissões geram créditos que são comprados por empresas que desejam compensar sua pegada de carbono. Trata-se de uma maneira eficiente de incentivar a descarbonização da economia e promover o desenvolvimento sustentável.

Tipos de mercado

O mercado de crédito de carbono é dividido em dois principais segmentos: o mercado regulado e o mercado voluntário.

  • Mercado regulado – Criado por governos e acordos internacionais, essa sistema cria um conjunto de regras que precifica o carbono, através de imposto ou definições de metas de emissões para os setores econômicos que geram altos níveis de GEE, metas essas que são reduzidas gradualmente ao longo dos anos. As empresas que são mais eficientes em termos de emissões podem negociar as chamadas permissões de emissões às organizações que não atingiram o objetivo estipulado.
  • Mercado voluntário – Nessa categoria, não há obrigatoriedade de cumprir metas governamentais. Empresas e outros agentes compram créditos de carbono voluntariamente, como uma forma de compensar suas emissões ou demonstrar seu compromisso com a sustentabilidade.

O que observar no processo de compra

No processo de compra de créditos de carbono, é importante observar alguns fatores, como:

  • Fonte dos créditos − É essencial escolher créditos advindos de projetos bem desenvolvidos e de alta integridade. Eles podem ser provenientes de várias fontes, como projetos de preservação da floresta, reflorestamento, recuperação de metano ou geração de energia renovável.
  • Qualidade dos créditos − É fundamental escolher créditos oriundos de projetos certificados por órgãos independentes confiáveis. Outros impactos nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) são aspectos que podem valorizar os créditos ao agregar valor ao projeto e aumentar o interesse dos compradores.
  • Custo-benefício − O valor dos créditos varia de acordo com a fonte, a qualidade e a demanda. É necessário comparar preços e avaliar o retorno do investimento em termos de sustentabilidade e reputação da empresa.

Os melhores e os piores créditos

Como vimos, certificação e impacto ambiental são aspectos que devem ser considerados no mercado de carbono e indicam se um crédito é melhor ou pior do que outro.

Confira quais são os créditos de alta e baixa qualidade:

  • Alta qualidade − Geram reduções de emissões reais, adicionais, verificáveis ​​e permanentes, com alto impacto socioambiental e são baseados em metodologias científicas robustas.
  • Baixa qualidade − Geram reduções de emissões incertasseguindo metodologias questionáveis do ponto de vista científico com alto risco de não permanência.

Ponto de inflexão

No fim do ano de 2023, houve um aumento na demanda dos crédito de carbono do mercado voluntário.

Isso se deve a diversos fatores, como:

  • Revisão metodológica: os padrões mais conhecidos no mercado voluntário estão em processo de rever suas metodologias reforçando a robustez da base científica. Além disso, iniciativas como o Core Carbon Principles (CCP) procuram estabelecer referências para créditos de alta integridade, adicionando selos de qualidades.
  • Conscientização crescente sobre as mudanças climáticas −Empresas, governos e sociedades reconhecem a necessidade de reduzir as emissões de GEE, estabelecendo metas de redução de emissão para atingir os objetivos acordados no Acordo de Paris..
  • Participação crescente do setor privado − A entrada de empresas de diversos setores no mercado de carbono, com vistas a compensar suas emissões e contribuir para a sustentabilidade, impulsiona a demanda por créditos.

Conclusão

O mercado de compra e venda de crédito de carbono é uma ferramenta importante para combater as mudanças climáticas e promover a sustentabilidade. Ao investir em créditos com alta qualidade e integridade, empresas e indivíduos podem colaborar para um futuro mais verde e justo.

Para saber mais sobre o assunto, entre em contato conosco! A Apsis Carbon é formada por profissionais capacitados e experientes em uma abordagem multidisciplinar. Queremos ajudar você a aproveitar as oportunidades e os benefícios que o mercado de carbono proporciona.

Outros Posts

Construções sustentáveis
Artigos

Construções sustentáveis

A construção civil é um dos setores que mais impactam o ecossistema. De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA),

Carbon News

Carbon News – Junho

Marcos importantes para transição energética Um estudo lançado pelo Energy Institute e publicado na Carbon Brief marca um momento importante no cenário energético global: pela